EmocionanteHistórias

Cão que passou anos acorrentado finalmente voltou a ser um “cão de verdade”

Hoje em dia, ainda existem muitos animais que não usufruem de liberdade. Eles vivem presos ao relento, em péssimas condições e sem um pingo de felicidade… Hoje vamos falar sobre Violet, uma cadelinha que viveu acorrentada durante anos!

O pobre animal, após tantos anos de sofrimento, já apresentava grandes marcas em volta de seu pescoço devido à sua corrente. Ela era feita de um metal pesado, e estava presa em seu pescoço com um enorme cadeado.
Cão que passou anos acorrentado finalmente voltou a ser um “cão de verdade” D

Por sorte, uma mulher que estava passando por perto avistou Violet de longe, bem como outros cinco cachorros que também estavam acorrentados nessa propriedade.

Segundo Angela Stell, fundadora e diretora da associação NMDOG, a cadelina tinha cerca de 2 anos de idade. O pior de tudo? Era bem possível que ela tivesse sido prisioneira durante toda sua vida…

Esses cães estavam acorrentados há anos em uma propriedade no Novo México. Nesse local, é ilegal manter cachorros acorrentados sem seus donos estarem por perto. Quando se deparou com essa situação cruel, a mulher decidiu alertar as autoridades locais.

Foi então que acabaram descobrindo que o dono desses cães estava preso. E, como não podia estar presente, não possuía condições para manter os patudos. Eles estavam lá completamente abandonados e acorrentados durante anos…

Após o resgate, a NMDOG começou imediatamente a prestar cuidados a vários cães, e Violet foi um deles. O primeiro passo foi levar os animais ao veterinário, onde estão atualmente hospedados e sob vigilância médica.

A pele de Violet estava completamente queimada do sol. Para além disso, ela apanhou uma condição em que as larvas comem a pele e a carne dos animais.

Apesar de ter sido maltratada e acorrentada durante anos, Violet é agora uma cadelinha completamente saudável e meiga. Mas ela ainda é muito medrosa… Dia após dia, ela está aprendendo a confiar nas pessoas e a se adaptar em seu novo ambiente.

“Ela é muito doce, e está se abrindo para nós e para a equipe clínica. Ela gosta muito de seus bichos de pelúcia, e adora se enrolar em seu cobertor… gosta de fazer caminhadas, e está se acostumando ao mundo em sua volta. E, o melhor de tudo, ela não está mais acorrentada” disse Stell, a mulher que está acompanhando seu caso.

Depois de ser esterilizada, Violet está prontinha para ser adotada. Ela precisa de alguém que a trate como um membro da família e a mantenha dentro de casa, pois ela é muito sensível ao sol. A cadelinha precisa de ser tratada como uma princesa!

Compartilhe se ficou movido com a história da incrível Violet! 

LER MATÉRIA COMPLETA...
COMENTÁRIOS:

Artigos relacionados

Share via
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Send this to a friend